Webp.net resizeimage 58


Entrar | Registrar-se

A revolução de marte e a “adolescência do bebê”

 

Assim como já abordado em outros textos, a revolução/retorno dos planetas significa que o planeta retornou ao grau exato ao qual alguém nasceu nessa Terra. Todos nós passamos por esses ciclos planetários durante toda a vida e o tempo em que ocorre um ou outro varia de acordo com a rotação do planeta, claro. No caso de Marte, ele demora cerca de 22 meses para completar sua rotação. O primeiro retorno de Marte se torna um grande foco de energia para algumas crianças, é uma fase conhecida como "terrible two", e é mais forte especialmente para aquelas que têm um Marte forte no mapa natal. Percebeu-se, através de pesquisas com mapas astrais de crianças, que aquelas que possuem um Marte angular, em exílio, ou fazendo aspectos ptolomaicos (ângulos maiores) aos planetas pessoais, passam por essa fase de uma maneira tipicamente marciana. Aquelas crianças cujas mães não perceberam uma mudança comportamental significativa durante essa fase possuem um Marte geralmente em domicílio e posicionado em casas cadentes ou sucedentes. Ter "um Marte forte" significa que esse planeta se sobressai no mapa em questão. Exemplo de Marte forte: Marte angular. No momento em que a criança nasceu, Marte cai em cima de um dos ângulos do mapa, que a grosso modo, podem ser compreendidos como a aurora, o crepúsculo, o zênite (meio-dia) e o nadir (meia-noite).

Em qualquer destas posições, Marte tem uma força no mapa. O "domicílio" de Marte encontra-se nos signos de Áries e de Escorpião, pela astrologia tradicional (Escorpião passou a ser regido por Plutão, depois da descoberta deste planeta). Marte é o deus da guerra, da assertividade, da força, da energia e, por isso, se encontra "em casa" no signo de Áries. E, Escorpião, apesar de ser um signo de água tem também afinidade com Marte, pela energia, vigor e determinação que se pode observar. Marte encontra-se exaltado no signo de Capricórnio. Para que você consiga visualizar melhor o que estou dizendo imagine que Marte em Áries está vestido de tênis e bermuda (à vontade), enquanto Marte em Capricórnio está de paletó e gravata, como se a energia estivesse concentrada. Marte está em exílio no signo de Libra. Libra é o signo que tenta conciliar, apaziguar, sempre levando o outro em consideração, isso seria contrário ao que Marte, à vontade, faria: tomar, ele mesmo, a iniciativa. Num caso assim, compreende-se porque se tornaria mais tenso o retorno de Marte. O individuo vai tomar iniciativas, mostrar sua vontade e as pessoas, ao seu redor, não estão acostumadas com isso... E, ainda nas dignidades, Marte está em queda no signo de Câncer. Câncer é um signo de água, bem diferente da energia de fogo de Marte. Marte em Câncer pode deixar essa energia retida, por deixá-lo mais emotivo e até defensivo.

​​

O temido primeiro retorno de marte: Marte no mapa representa a nossa capacidade de afirmarmo-nos, é a nossa iniciativa e dinâmica na vida. Muitas mães e pais quase enlouquecem quando, por volta dos 18 meses, aquela doce criança passa a desafiá-los e a fazer os tão conhecidos escândalos. Essa idade marca o primeiro retorno de Marte, quando o bebê descobre as emoções e inicia sua luta pela independência. O primeiro é geralmente um dos mais significativos pois Marte é o planeta da agressão, auto-afirmação, coragem e energia e quando Marte realiza seu primeiro retorno, ele pode acionar o comportamento marciano nos pequenos. E ai aquele bebê pequenino e plácido de repente começa a apresentar explosões comportamentais, as cenas parecem combinadas entre eles de tão semelhantes entre si. Algumas crianças apóiam firmemente as pequenas mãos nos quadris enquanto os pés sapateiam, outras se jogam no chão, esperneiam e estapeiam o ar, outras acham interessante bater com a cabeça na parede ou até mesmo no chão, e a palavra preferida é o “não”. “Não!”

Esta é a primeira afirmação do comportamento assertivo da criança, o reconhecimento de que Marte tem o poder para conseguir o que Vênus quer. A recusa de se comportarem de maneira adequada, ir para a cama quando está na hora, comer o que está na frente deles, são esforços da criança na primeira noção de que ela tem o seu próprio poder. Tal como acontece com qualquer Ariano ou marciano, o controle da energia, moderação e paciência são aprendidos em cada um dos sucessivos retornos de Marte.

Quando ele inicia a segunda viagem através do mapa, já existe um ponto de referência e, por isso, a criança se sente agora mais confiante em fazer reivindicações e ser mais afirmativa, e até mesmo agressiva em algumas crianças. Marte representa o nosso espírito competitivo assim como é um fator importante na nossa capacidade física e desportiva. As crianças geralmente se tornam mais coordenadas e sua atividade motora bruta melhora enormemente. Uma criança muito ativa e que está passando de maneira marcante por esta fase pode se beneficiar muito com a introdução de alguma forma de atividade física. Isto, além de ser uma boa maneira de gastar o excesso de energia, introduz alguma disciplina na utilização dos comportamentos mais agressivos. Atividades como ginástica, natação, atletismo e lições de dança são saídas positivas para esta energia excedente. Crianças bem tratadas nesta fase conseguem se expressar melhor e são mais autoconfiantes do que aquelas que foram ignoradas ou que perceberam que a agressão é a melhor maneira de obter atenção.

Nesta fase, a criança necessita se sentir confortável e segura para expressar suas necessidades e desejos, mas também precisa saber se expressar adequadamente. É muito importante que a criança, ao expressar suas necessidades, esteja sendo ouvida e reconhecida. Elas precisam saber que, mesmo quando se sentem indefesos e confusos, alguém está ali por elas e para elas, que alguém continuará a cuidá-las e a amá-las. Na idade de 14 anos ou 15, é a nossa primeira experiência combinada de retorno Solar e de Marte, ou seja, ambos planetas estão retornando simultaneamente à sua localização no mapa natal pela primeira vez desde o seu nascimento. Essa combinação de agressividade com energia individual marca o início de um novo período de rebelião: a adolescência. Mas isso já é uma outra história.

TAGS: astrologia, mapa astral, retorno de marte, marte nos signos, terrível dois anos, adolescência do bebê

 

 


Gostou? Compartilhe :D

 

Ambiente Seguro

 selossl Webp.net resizeimage 55

 

 

paypalpagseguro