Webp.net resizeimage 58


Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/astrotarotcom/public_html/admin/includes/conexao.php on line 13

Entrar | Registrar-se

Ser Lunar banner astrotarot 8

Ambubachi: Celebrar a Menstruação da Mãe Terra

É difícil abrir caminho por entre a multidão barulhenta no, normalmente, sereno templo Kamakhya em Assam durante o Ambubachi Mela. A Energia de MAA é selvagem e potente, e Ela está viva na energia palpável que pulsa através da multidão de Seus devotos reunidos junto ao Seu templo

. Praticamente todo o lugar está repleto de devotos coloridos de encarnado que cantam, entoam, meditam e gritam a sua devoção à Mãe Divina, posicionando-se junto ao Seu mais sagrado altar durante a altura da Sua mestruação anual.

Devotos de todas as variedades, de toda a parte da Índia, Nepal, Bangladeche, e também de outros países, sobem as Montanhas Nilachal para estarem aos pés de MAA nesta altura. Desde famílias normais a aghoris vestidos de negro, desde turistas estrangeiros a sadhus e sannyasis, esta época do ano chama aqueles que veneram a Mãe Divina e desejam estar junto a Ela durante a Sua mais sagrada e potente altura. Este festival reúne especialmente aqueles que pertencem aos vários Shaiva e Shakta Tantra kulas, geralmente reconhecidos pelas vestes encarnadas ou negras que usam, muitas vezes junto com rastas e tipicamente situados em acampamentos grupais fora do templo. Entre 100,000 a 150,000 devotos residem na área do templo de Sri Sri Kamakhya durante o festival de 4 dias que ocorre todos os anos, e cerca de 50,000 a 100,00 visitam o templo todos os dias durante o festival. Alguns afirmam que mais de 250,000 se acotovelaram até chegar ao complexo do templo em anos transatos

Durante os 3 dias de Ambubachi, a Mãe Terra mestrua, e todos os templos da região estão fechados aos devotos. No interior do templo Kamakhya, MAA é banhada e vestida diariamente com seda vermelha em consideração à Sua mestruação, e a Ela também são oferecidas frutas e uma ligeira veneração. As famílias que vivem perto do templo cobrem os seus altares e ofertam fruta e uma ligeira reverência a Devi, preferindo que Ela descanse. No quarto dia, as portas do templo abrem-se, e os devotos esperam horas para receber o Seu darshan especial. Os devotos pedem para receber um pequeno pedaço de rakta bastra, o “pedaço de sangue” da seda vermelha sobre o qual Devi senta durante o Seu período (também chamado de anga bastra). Como um talismã ou amuleto, é dito que este pedaço de pano é muito auspicioso e benéfico se amarrado no corpo, geralmente no braço ou pulso.

Kamakhya, ou Kameshvari como Ela é geralmente conhecida, é a Renomada Deusa do Desejo cujo altar se situa numa caverna no coração das Montanhas Nilachal em Guwahati, Assam. Como a yoni (que significa fonte, vulva e útero) de Mahadevi, Ela é reconhecida não apenas como a forma do desejo (Kamarupa, Kamarupini), mas Ela é a própria fonte dos nossos desejos, e também Aquela que nos concede os nossos desejos. Ela é o próprio desejo, assim como a sua realização.

O termo Sânscrito ambuvācī, do qual a palavra Assamese local ambubachi ou ambubasi deriva, significa literalmente “o despejar da água”, referindo-se ao incremento da água na Terra a partir das monções. Os forasteiros muitas vezes, erradamente, pensam que este festival é uma celebração da mestruação de Kamakhya, mas, na realidade, é a mestruação da totalidade da Mãe Terra, e como Kamakhya é o assento da Sua yoni, torna-se o ponto focal para as festividades relacionas.

Sendo a yoni da Devi, e a Deusa sendo aqui intimamente conectada com as tribos matriarcais destas montanhas há milhares de anos, não é de admirar que este poderoso e único ciclo feminino seja celebrado e venerado aqui. Para os devotos, especialmente entre so Tântricos no templo, Ambubachi é uma altura de tremendo poder e celebração. Acreditamos que a Mãe Terra não pode ser imoura, e que este é um tempo de potência e reflexão. É uma altura para renunciar a desejos egoístas, focar totalmente na MAA e celebrar com alegria tudo aquilo que Ela é, celebrar as ofertas que a Mãe Terra nos dá – comida, abrigo, as bases da vida – oferecendo-Lhe simples reverências, servindo-A completamente, e não pedir nada para nós mesmos. Reconhecer o seu próprio egoísmo sem julgamento é uma parte poderosa da libertação do ego e dirigir-se à unidade com MAA.

Como celebrar Ambubachi em sua casa

Durante Ambubachi, é importante deixar a Mãe descansar. Todos os dias pedimos-Lhe coisas, por isso neste dia servímo-La ao invés de Lhe pedir que nos sirva. Nos Estados Unidos, este conceito é similar ao Dia da Mãe, quando acarinhamos as nossas mãe de alguma forma para lhes mostrarmos quanto as amamos e apreciamos.

Ambubachi pode ser difícil de apontar no calendário se você não estiver familiarizado em usar o calendário do Norte da Índia, já que, não coincide exatamente com os eventos lunares comuns como amavasya ou purnima. Geralmente celebra-se perto do solstício de Verão no sétimo dia do mês Ashadha (Ashara em Assam) que ocorre a 21 ou 22 de Junho e termina por volta de 25 ou 26 de Junho. Isto é tembém próximo da época das monções. Sri Kamakhya Mahavidya Mandir tem Ambubachi na sua agenda, e você pode subscrever a nossa lista de email para ser notificado de eventos especiais como este.

Assim que você tenha determinado a data de Ambubachi, você pode celebrar este feriado importante da mesma forma como ele é celebrado pelas famílias em Kamakhya. No primeiro dia, utilize um pedaço de pano (de preferência seda vermelha, mas use aquilo que tiver consigo) e cubra o altar ou a murti. Se tiver um templo em sua casa, feche a porta. Pode também fechar o altar com uma cortina. Isto fornece a MAA alguma privacidade e descanso durante este período, para honrá-La. Também podemos dizer que Ela é extremamente potente nesta época, purificando e regenerando a Terra inteira, que é o Seu próprio corpo, e é melhor dar-Lhe largo ancoradouro.

Alguma vezes ao dia (por exemplo, de manhã e à noite) ofereça fruta, água e pode também oferecer um arati simples a MAA, por detrás da curtina ou da porta fechada. Cante canções a Ela e simplesmente ofereça a sua devoção, pedindo nada em retorno. Você está lá simplesmente para reverênciá-La, não para ter os seus desejos realizados. Se você se aperceber que está a pedir a MAA alguma coisa devido à força do hábito, deixe que esse desejo se desvaneça e perdoe-se a si mesmo. Você pode também recitar os pranama mantras de MAA:

kāmākhyāṁ kāmasampanāṁ kāmeśvarīṁ harapriyāṁ |
kāmanāṁ dehi me nityaṁ kāmeśvarī namostute ||
e/ou
kāmākhye varade devī nīla parvata vāsinī |
tvaṁ devī jagataṁ mātā yonimudre namostute ||

Você pode também decidir meditar em silâncio durante estes três dias, focando a sua gratidão a MAA, e total desapego aos desejos. Outras formas de celebrar esta época incluem participar em atividadades que cuidam da Terra. Limpe a sua praia ou parque locais, a água ou fertilize o seu jardim (mas não perturbe MAA plantando alguma coisa no Seu corpo), etc.

No quarto dia, remova o pano, abra a porta do templo, e limpe tudo muito bem. Substitua os tecidos do altar com outros novos, dê a todas as deidades novas vestes, etc. Reverencie em família da forma mais elaborada que possa, e cante canções devocionais. Ofereça o seu coração e neste dia você pode pedir aquilo que você quiser. Se você é jardineiro ou agricultor, este é um bom dia para plantar algo simbólico das suas mais elevadas e puras intenções para a próxima época, ano ou resto da sua vida. Escolha uma planta conveniente que irá crescer ao ritmo dessa intenção e que o irá recordar a manten-se no seu verdadeiro caminho na vida durante este período, quer seja por uma época ou para o resto da sua vida.

Quando você pede com um coração puro e com o bem mais elevado em mente, isto agrada a Devi. A nossa Mãe quer dar-nos aquilo que realmente precisamos, e quer realizar os nossos desejos. Ela permite-nos viver alegre e confortavelmente neste mundo, enquanto buscamos a união com Ela. Mas a Mão sabe o que é melhor para nós, e por isso, muitas vezes, temos que abandonar as noções rígidas que temos acerca da forma que os Seus presentes divinos deverão ter. Quando MAA nos dá o que pedimos, por vezes, não reconhecemos o embrulho em que é entregue, e se pedimos que o mal aconteça a alguém, essas energias negativas podem voltar a nós para nos ensinarem uma lição. Aproveite o tempo durante Ambubachi para purificar o seu coração, reconhecer as suas imperfeições e prostrar-se a Seus pés. Através da disciplina, devoção e humildade podemos libertar os nós do ego, tornarmo-nos mais confiantes e crescer fortes, vendo em nós mesmo a beleza e graça que MAA irradia através de nós em todo o momento.

Desta forma, você pode celebrar Ambubachi e a época mais poderosa do ano da nossa Mãe Terra Divina em todas as Suas formas.

 

Autora: Kulasundari Devi

 

<< Voltar

Atendimento ao Cliente

Horário de Atendimento:

Segunda à Segunda - feira 24 horas.
Email: sac@astrotarot.com.br

 

Pagamento Seguro:

selossl Webp.net resizeimage 55

paypal    pagseguro